Pesquisar

ALANAC - Notícias do Setor

Importado dissolvido

11 de Maio de 2015

As importações do setor farmacêutico devem diminuir neste ano com o recuo do mercado doméstico. Em 2014, os desembarques ficaram estáveis pela primeira vez em onze anos.
 
"Elas não avançarão assim como acontecerá com as vendas do setor no país como um todo. Já tivemos um começo de ano difícil e não devemos crescer acima da inflação em 2015", diz o presidente do Sindusfarma (sindicato da indústria farmacêutica), Nelson Mussolini.
 
No ano passado, porém, as importações não registraram alta por causa da falta de inovações no exterior, segundo o executivo.
 
"O mercado brasileiro cresceu 12%. Então a produção local alavancou as vendas. Está havendo uma transferência de tecnologia e maior produção local."
 
Ainda em 2014, as vendas nacionais para outros países subiram 3,55%. Elas, porém, equivalem a apenas 21% do valor total importado.
 
"Enquanto não tivermos inovação, não haverá propulsão nas exportações."
 
 
Fonte: Folha de São Paulo


Associados