Pesquisar

ALANAC - Notícias do Setor

Informações sobre PDPs já estão disponíveis no site da Anvisa

04 de Maio de 2015

As informações sobre Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) para medicamentos e produtos para a saúde já estão disponíveis no site da Agência. Com isso, já é possível obter dados sobre visitas técnicas, reuniões e publicações voltadas para o tema.
 
As PDPs visam ampliar o acesso a medicamentos e produtos para saúde considerados estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do fortalecimento do complexo industrial do país. O objetivo principal é financiar o desenvolvimento nacional para reduzir os custos de aquisição dos medicamentos e produtos que atualmente são importados ou que representam um alto custo para o sistema. As parcerias são realizadas entre duas ou mais instituições públicas ou entre instituições públicas e empresas privadas, buscando promover a internalização da produção. Também está incluído no escopo das PDPs o desenvolvimento de novas tecnologias.
 
A Anvisa é responsável pelos processos de inspeção das empresas e pelo registro dos produtos cujas tecnologias são objeto de transferência no âmbito das PDPs. As parcerias são firmadas entre as instituições e o Ministério da Saúde, sendo que, a partir da formalização dos Termos de Compromisso, a Anvisa inicia o acompanhamento por meio da coordenação dos Comitês Técnicos Regulatórios (CTRs). Cada comitê tem por objetivo o acompanhamento de uma determinada instituição que receberá a tecnologia a ser transferida.
 
Dúvidas
 
Questionamentos e sugestões relacionadas ao tema podem ser encaminhadas para a coordenação dos CRTs via e-mail  pdp@anvisa.gov.br.
 
Confira abaixo mais informações sobre o assunto.
Publicação dos Comitês Técnico Regulatório (CTR) para acompanhamento das PDPs
Revisão de Resoluções relacionadas às PDPs
Visitas técnicas e frequência de reuniões junto ao CTR
Calendário de visitas técnicas e reuniões do CTR
 
Link para consulta
DECIIS- Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde
 
Fonte: ANVISA


Associados