Pesquisar

ALANAC - Notícias do Setor

Laboratórios farmacêuticos têm alta de 11,4% no faturamento em 2014

26 de Janeiro de 2015

 

Os fabricantes de medicamentos registraram um crescimento de 11,4% na venda direta para as redes de farmácias do país no ano passado, indica levantamento da consultoria IMS Health.
 
O faturamento das companhias do setor atingiu R$ 41,8 bilhões ante os R$ 37,5 bilhões obtidos em 2013.
 
 
O presidente da Interfarma (que reúne laboratórios multinacionais), Antônio Britto, porém, reclama que, apesar de o desempenho do mercado se manter acima dos dois dígitos há três anos, as altas não passam dos 11%.
 
"Se não fossem os problemas econômicos, o avanço seria ainda maior", diz.
 
"Os medicamentos mais caros e complexos não têm chegado à maior parte da população. A renda caiu e o governo não tem dado conta dessa demanda. Isso freia a perspectiva de crescimento."
 
A participação no mercado do remédio de referência (os medicamentos de marca) perdeu um ponto percentual ante 2013 e ficou em 39%. Em 2010, ele representava 44%.
 
Nos últimos quatro anos, os similares (cópias aproximadas dos medicamentos de referência, podem ter tamanhos ou formas diferentes) foram os que ganharam mais espaço: de 42% para 48%.
 
Os genéricos (clones perfeitos dos remédios de marca) ficaram com 13% em 2014, segundo a Interfarma.
 
O número de doses comercializadas também cresceu em 2014, alta de 8,4% na comparação com os R$ 114,9 bilhões faturados em 2013.
 
Fonte: Folha de São Paulo
 


Associados