Pesquisar

ALANAC - Notícias do Setor

Disponibilidade de rem├ędios deve ser mais transparente, diz promotora

16 de Julho de 2016

Por Bruno Mirra e Túlio Amaral

 

Quem precisa de remédio da rede municipal pode ter de peregrinar por várias UBS (Unidades Básicas de Saúde) até conseguir. Falta informação aos usuários.

Uma das soluções da prefeitura, o “Aqui tem remédio”, plataforma digital para localizar medicamentos, ainda não decolou. O site teve cerca de 295 mil acessos e a versão app foi baixada 53 mil vezes, desde dezembro de 2015. Se comparada ao número de pessoas que retiraram medicação nas UBS – 5 milhões, até 30 de junho -, a quantidade de acessos é baixa.

A falta de informação sobre a disponibilidade de remédios na rede foi objeto de inquérito do Ministério Público do Estado. A promotora responsável, Dora Martin Strilicherk, afirma que a divulgação não é eficiente.

Além disso, pessoas sem acesso à internet ou com dificuldades com o aplicativo ficam fora do alcance.

Ela destaca ainda a importância das informações para orientar médicos na prescrição de drogas.

 

Fonte: Folha de São Paulo


Associados