Pesquisar

ALANAC - Notícias do Setor

Blairo Maggi defende pesquisa de tratamento fitoterápico contra autismo

31 de Março de 2016

O senador Blairo Maggi (PR-MT) lembrou que, no dia 2 de abril, comemora-se o Dia Mundial do Autismo, um transtorno de desenvolvimento de cérebro evidenciado pelo déficit na comunicação e nas interação sociais. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) para conscientizar as pessoas sobre essa doença que atinge 70 milhões de pessoas em todo o planeta.

Por esse motivo, o senador defendeu pesquisas clínicas com a erva-de-são joão, pois há evidências de que essa planta possa ser usada para minimizar os problemas causados pelo autismo.

Apesar de estudos iniciais indicarem que apenas 1% dos autistas possam ser beneficiados com o uso da erva-de-são-joão, é preciso incentivar os estudos, disse Blairo Maggi, ao lembrar que a combinação de fatores genéticos e agentes externos causa esse transtorno.

O senador acrescentou que o desconhecimento do tema gera preconceito e dificulta ainda mais o dia-a-dia das pessoas com autismo. E isso precisa ser combatido, disse ele.

— Não existe cura para o autismo. No entanto, um programa de tratamento precoce, intensivo e apropriado, melhora muito a perspectiva de crianças com esse transtorno. O principal objetivo do tratamento é maximizar as habilidades sociais e comunicativas da criança, por meio da redução de sintomas da doenças e de suporte ao desenvolvimento e ao aprendizado.

O senador Blairo Maggi também lamentou a morte do jornalista político Luis Acosta, ocorrida ontem, em Cuiabá, aos 57 anos.

 

Fonte: Agência Senado.


Associados