Pesquisar

ALANAC - Notícias do Setor

Blairo Maggi elogia decisão do governo de destinar recursos para testes com substância para combate

26 de Novembro de 2015

O senador Blairo Maggi (PMDB-MT) elogiou decisão do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação de destinar cerca de R$ 10 milhões para a pesquisa sobre o uso em seres humanos da fosfoetanolamina sintética no tratamento do câncer. Dois milhões serão do orçamento deste ano e o restante virá dos orçamentos de 2016 e 2017.
 
Como explicou o senador, a substância vem sendo desenvolvida há cerca de 20 anos por pesquisadores da Universidade de São Paulo de São Carlos e foi distribuída gratuitamente até 29 de setembro a pessoas interessadas, apresentando resultados positivos na contenção e redução de vários tipos de tumores.
 
No entanto, sua eficiência ainda não foi confirmada por estudos clínicos com seres humanos para que o produto obtenha o registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Blairo Maggi informou que a primeira fase dos testes pré-clínicos poderá estar pronta em sete meses.
 
- Sinto-me na obrigação de cobrar empenho total por parte do governo para que haja investimentos e testes sejam feitos, as exigências sejam cumpridas e, assumindo que a molécula seja comprovada como medicamento, que seja produzida em quantidade suficiente para atender a população. A fosfoetanolamina é uma grande esperança para milhares de brasileiros e de não brasileiros mundo a fora - disse o senador.
 
Blairo Maggi também ressaltou que a aprovação de um projeto de lei em estudo no Senado facilitará, no futuro, a realização de testes para o licenciamento de novos medicamentos, como a fosfoetanolamina.  A proposta fixa princípios e regras para as pesquisas clínicas em seres humanos.
 
Fonte: Senado Notícias 


Associados