Pesquisar

ALANAC - Notícias do Setor

Made in Brasil

03 de Novembro de 2015

 
Por: Maria Cristina Frias 
 
As vendas de medicamentos de laboratórios farmacêuticos brasileiros cresceram 19% nos últimos 12 meses encerrados em setembro e passaram a ter uma participação de 54,4% no varejo do país.
 
Há um ano, elas representavam 51% do total, segundo dados da Alanac (Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais).
 
"Mas o avanço [dessas empresas] vem desde o começo dos anos 2000. Até então, elas correspondiam a menos de 30% do mercado", diz o presidente-executivo da entidade, Henrique Tada.
 
"A permissão para os genéricos foi muito importante para que ganhássemos espaço", acrescenta.
 
Tada afirma, no entanto, que, assim como as multinacionais, as brasileiras também sofrem com a alta do dólar. Quase toda a matéria-prima dos laboratórios é importada, o que eleva os custos.
 
"Não vamos conseguir sustentar, neste segundo semestre, o crescimento de dois dígitos. As margens serão positivas, mas não como as de anos anteriores."
 
NÚMEROS NACIONAIS
 
R$ 15,96 bilhões foi o faturamento dos laboratórios nacionais no ano passado
 
37% foi o crescimento na comparação com 2013
 
34.894 são os funcionários diretos
 
54,4% é a participação no varejo do país
 
Fonte: Folha de São Paulo 


Associados